Doula

A doula cuida, informa, esclarece e apoia as escolhas da outra mulher na sua gravidez, parto e/ou pós-parto em contexto domiciliar e/ou hospitalar:

 

não decide, não faz partos, não faz diagnósticos.

 

⋙ ajuda na elaboração de um plano de parto.

 

⋙ pode fazer uma massagem, cozinhar uma sopa, limpar e arrumar a casa da mulher/família que escolhe os seus cuidados assim como cuidar momentaneamente do bebé para que a mãe possa descansar.

 

⋙ estuda e pesquisa para dar apoio às escolhas de uma mulher grávida e/ou de uma família.

 

⋙ apoia na amamentação respeitando o corpo da mulher e as suas vontades.

 

⋙ apoia também nos cuidados com o bebé respeitando as escolhas e vontades da mulher, dando-lhe ferramentas para que se conecte com a sua intuição e possa decidir em pleno.

 

⋙ ajuda a organizar uma bênção de gravidez, parto e/ou pós-parto assim como o "chá de bebé".

 

⋙ pode fazer fotografias na gravidez, parto e pós parto caso a mulher assim o sinta e decida.

 

⋙ auxilia com exercícios e técnicas de respiração, relaxamento, movimento orgânico e corporal adequado ao corpo da mulher.

 

⋙ facilita através das artes da dança, da pintura e da visualização criativa uma maior conexão da mãe com o seu bebé e uma melhor preparação para o parto desejado, seja ele parto hospitalar, cesariana, ou parto em casa.

belindasobral-111.jpg
belindasobral-68.jpg
Image by Wesley Tingey
belindasobral-23.jpg

Em Portugal...

profissão de doula não é ainda reconhecida mas, em países da Europa de Norte, a doula é recomendada e muito aconselhada para dar apoio à mulher grávida e à sua família.

 

Tenho formação de Doula e Educadora Perinatal pelo GAMA - Grupo de Apoio à Maternidade Ativa e estou disponível para te acompanhar. Caso sintas, envia-me mensagem privada e envio-te a informação que necessitas para decidir.

 

Na minha experiência pessoal, as doulas foram as pessoas que, no silêncio das minhas dores físicas e emocionais, mais conhecimento, espaço e força me deram para eu e as/os minhas/eus bebés pudermos realizar os partos que desejámos!

 

Com elas aprendi e reconheci a verdadeira irmandade entre mulheres!

 

Senti na pele a importância de estar rodeada de mulheres quando engravidei e dei à luz os meus filhos. Sei como é ser cuidada, protegida e sei como a minha intuição cresce junto dessas mulheres, as minhas certezas ganham força e sei também a falta que me fizeram quando achei que devia estar sozinha!

belindasobral-118.jpg