Amamentar em público



Noutro dia dei por mim a amamentar em público, mas um pouco às escondidas... passados alguns instantes apercebi-me do que estava a fazer e saí dali, sentei-me num local vísivel, sem medos e onde quem passasse podia perfeitamente ver o que eu estava a fazer... não queria chocar, nem ofender ninguém, muito menos chamar a atenção, queria só ser eu, fazer aquilo que eu sei e acredito, sentar-me a amamentar tranquilamente o meu bebé...

amamentar em público não é um acto de ofensa ou de loucura, é um acto natural de beleza, de amor... e por isso têm de existir mais loucas como eu a fazê-lo para que se torne comum, banal, simples e natural... por vezes penso na forma como muitas mães se sentem desconfortáveis e o que isso pode trazer de menos bom para a amamentação... podendo até comprometê-la nos primeiros tempos.

Se um dia me virem a amamentar em público, não fiquem admirados, nem me façam uma festa... eu só estou a amamentar o meu filho e quero fazê-lo em paz e em liberdade, onde quer que eu esteja e onde quer que seja necessário eu fazê-lo.... e vou fazê-lo para que mais mães o possam fazer, para que a minha filha o possa fazer sem vergonha e sem tabu... para que as mulheres possam ser livres de amamentar ou não em público... sem julgamentos.

E eu que até tenho um peito grande, posso dar nas vistas, mas na verdade o que preocupa mesmo é se estou a nutrir o meu bebé num momento de profundo amor e partilha...

Agradeço a todas as mulheres que o fizeram na minha frente, principalmente quando eu era menina... o que contribuíu muito para eu hoje cuidar dos meus filhos.

5 comentários:

  1. Quando fiz o crisma tive uma formaçao e nunca me esqueço do padre a dizer que em Moçambique tinha dado a Comunhão a uma sra que estava a amamentar e ele referiu que secalhar ca as pessoas nunca iriam tolerar isso mas que esse acto tinha que ser visto como o mais puro acto de amor e que ofensa é que isso poderia trazer? Nenhuma... foi uma coisa que me ficou na memória porque concordo imenso

    ResponderEliminar
  2. Perdi a conta ao número de vezes que dei de mamar em público - num banco do jardim, no metro, num restaurante, enquanto vou também jantando, no meu trabalho, no banco, ... Já me perguntaram várias vezes se nunca tive uma reacção menos boa. Que me tivesse chegado, não! Já recebi muitos sorrisos. Recordo uma senhora com os seus 70, 80 anos que ficou a olhar por muito tempo para nós enquanto acenava com a cabeça e me sorria, como se me estivesse a dizer, com toda a sua sabedoria, que sim, eu estava a fazer tudo bem.
    Amamentar é natural e não devia haver, sequer, tanta discussão à volta do assunto. Choca-me que haja tantas pessoas, principalmente mulheres, a achar que é uma exposição muito grande, quando a toda a hora somos bombardeados de decotes que exibem muito mais do que uma mãe a amamentar e sem o mesmo propósito.
    Temos que parar se sexualizar o corpo das mulheres, parar de achar que mandamos no corpo das mulheres. Temos principalmente que libertar as mães, que muitas vezes cedem a esses receios e têm que fazer malabarismos com as rotinas porque não se sentem bem com o bebe a mamar fora de portas.
    Ainda bem que há mães como tu, a servir de modelo a outras, e às pequeninas, futuras mães! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo! Libertar as mães! Um grande abraço e grata pela partilha!

      Eliminar
  3. olá! estou passando pra dizer que passei o fim de semana lendo o seu blog e oh!, como foi aconchegante e que bem me fez encontrar esse cantinho tão sincero e repleto de amor e verdade! eu sou do brasil e daqui mesmo pude sentir o alento e que suas palavras e me aquece o coração ver suas fotografias e saber sobre seu dia-a-dia! do outro lado do oceano consigo sentir o amor que vem de vc e dessa sua família linda! <3
    parabéns por se empoderar e usar desse espaço (e fora dele) para emponderar outras mulheres! é realmente nobre de você.
    beijinhos de luz :*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom ler as suas palavras! Que alegria ressoar assim em alguém tão longe <3

      Eliminar