Nesta postura trabalhamos a concentração e o foco. É uma das minhas preferidas. 

A prática de yoga na gravidez permite à mulher reencontrar-se com o seu poder e reconectar-se com o seu interior.

A gravidez é um ritual que revela a sabedoria na mulher, é importante para isso, estarmos em sintonia com o nosso corpo, saber escutá-lo. O yoga faz renascer essa sabedoria na mulher e proporciona um estado de relaxamento profundo e uma maior consciência do seu corpo e do seu bebé.

Através de exercícios de baixo impacto, estas aulas permitem um aumento da força muscular e da flexibilidade permitindo um profundo bem-estar à grávida e ao bebé, quer durante a gravidez quer durante o trabalho de parto.

O yoga para grávidas só deve ser praticado a partir das 16 semanas de gravidez.

Primeira aula experimental grátis
Todas os sábados às 11h30, na Escola Somos Yoga em Grândola. 
Valor mensal: 25€ (1x semana)
Duração: 60 minutos


Gosto de usar o meu bebé no sling...
Assim podemos sentir o cheiro um do outro, o calor... estimulando a regulação das hormonas que ajudam na amamentação e no descanso de ambos. É importante para o bebé ter contato corporal com a sua mãe ou figura cuidadora... Quanto mais interação com o bebé durante o dia mais tranquilas as noites... Aqui, coloquei um gorrinho de algodão na cabeça do Sebastião por causa do sol, mas sempre que posso tiro para sentir ainda mais o seu cheiro e estimular ainda mais o vínculo mãe-bebé,
Não deveríamos usar excessivamente as cadeiras e espreguiçadeiras pois limitam os movimentos do bebé e a exploração ativa da visão (2h no máximo no ovinho). Aqui, o Sebastião está a dormir e ainda só tem 2 meses, mas com o passar do tempo, vou virando-o para frente para interagir com o mundo à sua volta... Ah e também ajuda ter as mãos livres para fazer alguma coisa em casa...
Há por aí mais algumas dicas para o uso do sling?