Conheci a Rita nestas andanças de blogues. Fui ver o seu trabalho e gostei muito. Simples e tão bonito. Percebe-se a dedicação e o amor em cada peça. Pensei que seria uma boa oportunidade para fazer um passatempo, com algo tão bonito e feito à mão por alguém. Por isso gostava de vos convidar a viajar neste balão. Para onde viajavam com os vossos sonhos?

"A Rita é uma rapariga que gosta de pintas! Nasceu e foi criada numa aldeia pequena. Lá em baixo corria um rio. Estudou para ser professora. Gosta de sol na pele e vento no cabelo. Inspira-se nas montanhas que vê da janela e nas ruas que percorre a pé. Perde-se nas papelarias e retrosarias. Gosta de cores e padrões. Desenha e cria as suas peças. Simples. Como ela. Há dias em que a sua cabeça anda à roda com tantas ideias. Outros nem tanto. Não há planos. Há materiais arrumados em caixas que de repente saltam das prateleiras e ficam espalhados pelo chão. Tecidos, linhas e agulhas. Papéis, tintas, goivas e colas. Tesoura, lápis e fitas.  No fim, volta tudo para o lugar e ficam as peças que as suas mãos criaram sem tempo e com o coração. Sweetheart é o nome do projecto da Rita que começa com a frase "When nothing is sure everything is possible", que continua com "growing up" e onde todas as peças são feitas sem regras e com as tuas coordenadas!"

Para participares neste passatempo e puderes ganhar esta tela:

1. Faz um comentário neste post (com o nome de seguidores do facebook) e diz-nos para onde viajavas neste balão

2. Faz like na página da Sweetheart e na minha mercearia

3. Partilha publicamente o passatempo

Só podem deixar aqui um comentário. Participa até às 00h do dia 31 de Agosto de 2014.
O vencedor será escolhido pelo random.org.

Da aldeia,
com amor,
Belinda

O verão trocou-nos as voltas. Os amigos, que há muito estavam longe, convidaram-nos a ir em direção diferente ao que estamos habituados. Aceitámos o convite para ver o pôr do sol e o nascer de uma lua cheia num lugar mais que bonito, tomar banhos de mar, comer legumes colhidos na hora, frescos e cheios de energia vital, fazer yoga, adormecer e ouvir Seu Jorge ao longe num festival que acontece por aqueles lados mas escolhendo antes ficar na companhia dos amigos e da lua. Ainda sinto um pequeno frio na barriga quando avisto ao longe tamanho ajuntamento de pessoas, músicas e tantas outras coisas, mas ir com a minha familia ao mesmo lugar que, noutros tempos ia com os amigos, é uma espécie de "voltar ao lugar onde fomos felizes" mas encontrar diferentes formas de ser feliz no mesmo lugar. O verão, esse sabe sempre bem, seja ele onde for.



































Há quem se perca por sapatos. Eu já me perdi por casacos e por malas. Sapatos nunca foi o meu forte. Até porque calço um número grande e nem todos me ficam bem. Já o casacos e as malas ficam, mas tive que aprender a comprar menos. Não gosto de andar sempre a trocar de mala, prefiro usar sempre a mesma, que seja adaptável a todas as ocasiões e a todas as roupas.
Porque compro menos, prefiro comprar melhor, que seja bom e que dure mais tempo e se puder, comprar, compro português. Já não é novidade mas estas malas são portuguesas e são, as mais bonitas que já vi, as fotos são da Sanda e a Marca chama-se Sul e podem encontrar mais aqui
Começa hoje o nosso festival favorito, o Andanças. Boa música, bons pratos vegetarianos, boa gente e boas vibrações. As sombras não faltam, a água corre em todo o lado para banhos ou para quem tem muita sede e ainda dispomos de um espaço para descansar com as crianças, para além de todas as actividades que existem para elas e para os papás. Importa dizer que é um festival sustentável, onde se reduz o consumo de embalagens de plástico, onde se faz a separação do lixo, onde se promove a partilha de boleias e se promove o consumo local. Isto para nós é super importante, sabermos que é um festival feito por pessoas conscientes e para pessoas conscientes, que querem e fazem por um mundo mais equilibrado. Bem haja a todos, este é o festival. 

Vejam mais aqui e nao deixem de ir, não se vão arrepender um segundo.