Da próxima vez que eu viajar até Porto, é aqui que vou fazer as minhas compras. Projetos como este tem de ser vistos com os olhos, cheirados pelo coração e tocados pelas mãos. Eu já conhecia o Alecrim no facebook mas ainda não estava a par desta alteração, que só soube através das fotografias lindas que a Sílvia Sílva  tirou. O Coração Alecrim pretende ser um projeto amigo do ambiente e anti-consumista (bom aqui já não concordo, porque apetece levar tudo para casa, desde as plantas, aos vestidos, díficil vai ser decidir). Que delícia de loja. Bem hajam projetos assim. 





























No Verão aproveito que moro aqui no Litoral Alentejano e vou até à praia quando apetece, aqui as praias ainda são um paraíso, algumas ainda são desertas e sem muita confusão, cheias de natureza selvagem e com água límpida e areias quentes. Os festivais são outra atração do Verão. Gosto de ir ao Andanças, ao Festival Músicas do Mundo em Sines ou ao Festival Mediterrâneo em Loulé, depois há outros mas a esses já não me apetece ir, já fui noutros tempos e já sei o que posso trazer deles, cansaço e agitação. Por isso escolho ir a poucos festivais mas que me devolvam a casa com boa música e com boas sensações. Há poucos dias, uma amiga falou-me deste festival e fui ver. Fiquei rendida com estas fotos, depois vi que ficava perto de Barcelona, cidade que ainda não visitei e que não me sai da cabeça. Para quem gosta de yoga, de terapias alternativas, de comida boa (vegetariana), de concertos intimistas e do contacto com a natureza (ah e tb para quem gosta de espanhóis), este é um festival a ir, não sei se neste ou noutro ano, mas é de facto um festival a ter em conta. As fotos são de Ulises Fontana Liberphotography 

1. Primavera a chegar
2. Aldeia de Melides
3. Flores do campo em casa
4. Aulas de yoga do papá

Sigam-nos no Instagram: @belindayamsobral