Abril cá em casa


























 Abril foi um mês de muita labuta aqui por casa. Ficámos as duas doentes, eu e a Mel, primeiro uma, depois a outra. A nossa casa foi transformada numa verdadeira Clínica Natural. Entre cataplasmas de argila, oléo essencial de árvore de chá,  açafrão com mel, sumos e mais sumos de fruta, mimo, muito mimo e colo conseguimos destruir os invasores sem recorrer ao exterior. Foi duro, mas nós somos persistentes e acreditamos na mãe natureza. A alimentação também teve de mudar um bocadinho, mais líquidos do que sólidos, eliminar o açúcar e as farinhas refinadas, que mesmo em dias de Páscoa foram a mais!! Utilizámos muito alho em todas as refeições para reforçar o sistema imunitário e bebemos muita água mineral. Ao fim de uma semana estávamos recuperadas. As diferenças de temperatura não ajudaram, mas conseguimos tudo isto também com a ajuda do papá que é o nosso mestre cá em casa, para além de saber muita coisa, ele também faz questão de aplicar a sua sabedoria todos os dias e é isso que admiro muito nele, a disciplina e a persistência. Porque, para nos curarmos a nós próprios, é preciso isso em dose dupla e por vezes a mim falta-me, porque acho que se fizer uma vez já fico boa, e não é assim... Agora, com Abril a terminar, estamos cheias de energia para os dias que estão a chegar, cheios de sol, de flores e de verde esperança à nossa volta. Maio é mês de ir a um concerto, de regar as nossas sementes, e de dar vida a este projeto e a outros que hão de vir. Bem-vindo mês de Maio.

0 comentários:

Enviar um comentário