Celebrar 3 anos e brincar ao Carnaval

Pela primeira vez, desde que me lembro, não brinquei ao Carnaval, nem tão pouco senti que o Carnaval se aproximava. A razão porque isso aconteceu foi porque a Mel fez anos e eu dediquei-me inteiramente a celebrar este dia que nos é tão especial. Todos os dias devem ser especiais, todos sabemos, mas não são todos os dias em que conseguimos reunir, numa mesa, algumas das pessoas que mais gostamos. E por isso, gosto de convidar as pessoas a celebrar. A Mel ficou muito contente e mal podia esperar pelo dia da festa, nisso saiu à mãe. Eu sempre gostei de festejar aniversários com todos os meus amigos e embora possa ser um pouco egôcentrico da minha parte, a verdade é que me parece sempre uma boa desculpa para os reunir a todos. 

Começámos por festejar os três no campo, perto das árvores. Fizemos um bolo de panquecas, aquelas panquecas deliciosas que andamos sempre a fazer aqui em casa. Uns dias depois festejámos com a restante família e amigos, preparámos tudo em tempo recorde e conseguimos ter tudo pronto a horas. Fizémos coroas de índios, bolos de cardomomo e pistáchio, quiches de legumes, sumos de fruta, chás, sobremesas cruas e sem açúcar, e três pequenos bolos de aniversário e ainda uma tenda de índios. A chuva atrapalhou-nos um bocadinho, mas a Mel estava muito contente por puder brincar com os seus amigos num ambiente de festa. Depois arrumámos tudo e fomos brincar ao Carnaval, a avó tinha feito um fato de Minnie para a Mel e uma amiga ofereceu-nos umas asinhas de borboleta. Fevereiro terminou em festa e Março em festa começou. Que bom é viver dias assim.











4 comentários: