Esta terça #34


















Visitar os meus tios. Fico sempre fascinada com aquela casa, está tudo no mesmo lugar que estava quando eu tinha 10 anos e ia para lá passar as minhas férias. Eles têm sempre tempo para nos receber e nós passamos lá sempre com o tempo apertado. A conversa não é sempre a mesma. O meu tio tem uma cultura como nunca vi em ninguém da idade dele e mesmo só com a quarta classe consegue explicar-me coisas que nenhum professor conseguiu. É uma pessoa calma que lia muitos livros e que não se esqueceu de nada do que neles leu. Eu fico sempre fascinada com o chão, as janelas, as mobílias, os biblôs, as histórias do meu tio e os bolos da minha tia. São adoráveis. Têm oitenta e poucos anos e vivem os dois, sem filhos, sempre se dedicaram um ao outro. Cuidam um do outro como se deles próprios se tratasse. E não precisam de mais ninguém porque ainda se têm a eles como tivessem o outro.

0 comentários:

Enviar um comentário