não são 11 mas são 4 meses... e eu por vezes sinto-me assim...

"E como este blog tb tem coisas menos boas…

11 meses em que me perguntam: “ja dorme a noite toda”, e quando respondo que não parece a coisa mais estranha do mundo. (sim estou cansada de não dormir a noite toda apesar de não parecer).

11 meses que não consigo deixa-la 1 hora para voltar ao pilatos ou ao yoga… não por não querer, mas por incompatibilidade de horários e por não ter ninguém por perto com quem deixar e abusar!

11 meses que questionam tantas coisas e eu insisto em seguir o caminho que acho mais certo.

11 meses em que a vida parece uma competição com os outros bebés, e na verdade não devia ser, cada um deveria crescer 100% livre.

11 meses que as vezes não consigo ser totalmente verdadeira comigo e com a India, talvez por “medo do olhar de outros”, talvez porque me dizem que está mimada, talvez porque dizem que só quer a mãe (e como se isso fosse uma coisa má), talvez porque as opiniões mudam todos os dias.

11 meses de algumas birras, e de não fazer a sesta quando realmente preciso de trabalhar.

11 meses de fraldas, banhos, roupa, papas e sopa porque a fome de um bebé não pode aguentar mais um bocadinho.

11 meses de pouco tempo para tratar de mim.

11 meses de incerteza, mas poucas angustias, porque dentro do que acho razoável sou muito relaxada."

estas palavras são desta linda mãe! Obrigada pela partilha**

0 comentários:

Enviar um comentário